Yoga

Headstand (Sirsasana): Como fazer, variações, benefícios

Precisa de orientação e clareza no amor, relacionamento, carreira e muito mais? Clique aqui para obter uma leitura de meditação personalizada

Não é ótimo se você puder virar sua situação de emperramento de cabeça para baixo para ter uma perspectiva giratória? Semelhantes são os efeitos do headstand, que é uma pose de inversão de ioga avançada.

Os benefícios restauradores do headstand para o sistema nervoso o tornam a prática mais valiosa do yoga. Os iogues muitas vezes se referem a ele como o Rei de todos os asanas porque aumenta a capacidade do cérebro, ou seja, tão eficaz para um corpo quanto um rei para seu império.

Headstand é um asana desafiador de hatha yoga, onde o corpo é invertido e equilibrado na cabeça e nos antebraços. Aqui, a cabeça fica abaixo do coração, ou seja, oposta à postura corporal usual ou a qualquer asana em pé, como tadasana.

Além do equilíbrio, força e alinhamento, o prazer é um elemento indispensável para realizar o Headstand proporcionando efeitos calmantes. Vá mais longe para descobrir seus benefícios, variações e dicas de prática.

Significado

Em sânscrito, Headstand é conhecido como Sirsasana composto pelos seguintes termos de raiz:

  • “Sirsa” significa “cabeça”
  • “Asana” refere-se a “postura”

Assume-se de pé sobre a coroa da cabeça enquanto as pernas são levantadas contra a gravidade, daí o nome.

A inversão do corpo para segurar sirsasana inverte e modifica o fluxo e a pressão do sangue. Em resposta a uma mudança na circulação sanguínea, o corpo reage trazendo equilíbrio em diferentes sistemas do corpo.

Headstand tem tudo a ver com relaxamento, gentileza e diversão. Assim, a postura de cabeça para baixo fornece efeitos de aterramento e melhora a fisiologia do praticante.

Guia Prático de Cabeceira

Contra-indicações

  • Evite tentar a postura do Headstand em caso de lesão nas costas ou no pescoço.
  • Não pratique se estiver sofrendo de pressão arterial.
  • As mulheres devem evitar essa postura durante a gravidez e a menstruação.
  • Pacientes cardíacos devem evitar essa postura.
  • Pessoas com osteoporose devem evitar essa postura.
  • Pacientes com glaucoma ou outras preocupações oculares devem pular esta prática.

Poses Preparatórias

  • Postura do rosto de vaca em pé (Tadasana Gomukhasana)
  • Postura de alongamento do tronco (Bharadvajasana)
  • Postura do cachorro olhando para baixo ( Adho Mukha Svanasana )
  • Pose de alongamento intenso das pernas ( Prasarita Padottanasana )
  • Postura do Golfinho (Ardha Pincha Mayurasana)
  • Apoio de Ombro apoiado (Salamba Sarvangasana)

Como fazer parada de cabeça (Sirsasana)

  1. Comece sentado em Vajrasana e sobreponha os braços colocando as mãos nos braços alternados.
  2. Incline-se para a frente para levar os cotovelos ao chão na mesma posição.
  3. Solte as mãos da parte superior dos braços e aproxime-as.
  4. Feche os dedos de forma que os antebraços fiquem apoiados no chão formando um triângulo.
  5. Coloque a coroa de sua cabeça nas mãos em concha.
  6. Levante os quadris, enrole os dedos dos pés e endireite os joelhos.
  7. Caminhe com os pés em direção à cabeça até que os quadris fiquem acima dos ombros.
  8. Traga o joelho direito em direção ao peito, seguido pelo esquerdo.
  9. Aperte os joelhos juntos com os pés levantados do chão.
  10. Mantenha essa postura por alguns segundos respirando relaxadamente.
  11. Inspire, levante as pernas para o céu alongando o osso da cauda.
  12. Concentre seu olhar em um ponto fixo ao nível dos olhos e respire profundamente relaxado.
  13. Fique na pose invertida enquanto for confortável.
  14. Solte dobrando os joelhos em direção aos quadris, um de cada vez, pressionando o umbigo na coluna.
  15. Pressione os joelhos contra o peito e mantenha a postura por um tempo.
  16. Delicadamente, traga os dedos dos pés para o chão, respire e mova os dedos dos pés para fora.
  17. Expire abaixando os joelhos até o chão e solte na parte superior dos pés como na postura de uma criança.
  18. Solte as mãos e endireite lentamente a coluna, levantando finalmente o queixo dobrado.

poses de acompanhamento

Relaxe seu corpo e dê-lhe tempo para recuperar o fluxo sanguíneo normal. Você pode se inclinar levemente para trás abrindo o peito e trazendo as palmas das mãos para a parte de trás do tapete com os dedos apontando para frente.

Clique aqui para obter uma leitura de meditação personalizada

Em seguida, relaxe na postura da criança, seguida pela postura do cadáver ( shavasana ).

Precauções

Existem muitos riscos para a saúde associados ao headstand executado incorretamente. Portanto, tenha em mente os seguintes pontos antes e ao entrar nele:

  • Afaste os ombros das orelhas para evitar comprimir a cabeça e o pescoço.
  • Para evitar a queda, certifique-se de que os quadris não se movam atrás dos ombros.
  • Mantenha o núcleo engajado durante toda a prática e não saia da curva natural da coluna.
  • Se você estiver praticando contra uma parede, não se apoie nela. Mantenha uma distância de 2-3 polegadas entre a parede e coloque as mãos no chão para a fundação.
  • Leve o seu tempo para encontrar o ponto certo na cabeça antes de colocá-lo no chão.
  • Não alargue os cotovelos mais do que a largura dos ombros.

Dicas para iniciantes

  • Enquanto aperta as mãos no chão, mantenha as pontas dos dedinhos unidas. Isso formará uma base estável para a cabeça.
  • Forme um fundo macio ao seu redor usando cobertores ou almofadas dobradas para que, caso você caia, não se machuque.
  • Enrole os dedos indicador, médio e anelar em direção à palma, mantendo o polegar e os dedos mínimos estendidos em direções opostas. Coloque o polegar entre as sobrancelhas e estenda o dedo mindinho até a cabeça. O ponto onde toca na cabeça é o ponto de pouso correto.
  • No início, é normal praticar perto de uma parede para superar o medo de cair, mas gradualmente aumente a distância entre a parede e você.

Variações

1. Pose de cabeça apoiada (Salamba Sirsasana)

Nesta variação, a cabeça não fica em concha na parte interna das mãos.

  • Comece na pose do gato e coloque a cabeça entre as mãos.
  • Desenhe as mãos de volta para os joelhos, seguido de levantar os joelhos do chão.
  • As mãos são colocadas no chão para equilibrar em inversão e os cotovelos são mantidos dobrados.
  • A partir daqui, andar com os dedos dos pés para cima e outros passos permanecem os mesmos da pose original.

2. Pose de cabeça sem suporte (Niralamba Sirshasana)

Nesta variação, todo o peso do corpo é equilibrado pela cabeça sem o apoio dos braços, daí o nome.

  • Para isso, comece com marjariasana e depois espalhe os braços em direção aos joelhos com as palmas das mãos voltadas para cima.
  • Levante os joelhos e caminhe com os dedos dos pés em direção ao peito, em seguida, levante as pernas pressionando os pulsos contra o chão.

3. Pose de cabeça para baixo com as mãos amarradas

  • Aqui, os braços são cruzados na frente do peito agarrando a parte superior dos braços com as mãos alternadas.
  • Traga os braços e cotovelos cruzados para um cobertor dobrado no chão.
  • Coloque a coroa da cabeça no chão, além dos braços, de modo que a testa fique logo atrás dos antebraços.
  • Levante os joelhos e endireite as pernas e quando estiver pronto pressionando os antebraços no chão levante as pernas para entrar em inversão.

4. Pose de cabeceira lateral

  • Esta pose pode ser assumida em continuação com o headstand original, uma vez que o último seja alcançado com sucesso.
  • Depois de atingir a postura de cabeça para baixo, vire o tronco e as pernas para ambos os lados, equilibrando-se lateralmente.
  • A posição da cabeça e da mão permanece intacta.

5. Pose de cabeça giratória de uma perna só

  • Depois de entrar no headstand, divida as pernas movendo a perna direita para frente e a perna esquerda para trás.
  • Agora, torça o tronco girando as pernas para que pareça torcer para o lado esquerdo.
  • Repita essas etapas alternando as pernas e o lado da torção.
  • A cabeça, o pescoço e as mãos permanecem intactos.

6. Posição de cabeça para baixo, perna de lótus

  • Uma vez que o equilíbrio foi estabelecido no headstand.
  • Gradualmente, dobre as pernas em padmasana.
  • Mantenha esta pose final com as pernas dobradas se equilibrando na inversão.

7. Cabeceira de uma perna

  • Pratique a parada de cabeça com equilíbrio e abaixe gradualmente a perna direita até o chão.
  • Os dedos da perna direita tocam o chão enquanto a perna esquerda permanece levantada verticalmente.
  • Isto é seguido pela troca das pernas.

8. Cabeceira lateral com uma perna

  • Esta é uma versão mais difícil, pois após o headstand uma perna é abaixada para o chão lateralmente.
  • A parte inferior da perna é mantida alinhada com a cabeça no chão, enquanto a outra perna permanece levantada.

9. Meia postura de cabeça para baixo

  • É assumido vindo de quatro e colocando a coroa no chão entre as mãos.
  • Isto é seguido pelo levantamento dos joelhos e quadris.
  • Desloque o peso na cabeça e nos pés.
  • Gradualmente, pegue os braços atrás das costas, apertando as mãos.
  • Finalmente, levante os quadris o mais alto possível, inclinando os dedos dos pés no chão.

Benefícios terapêuticos

  1. A postura de cabeça e suas variações são benéficas na prevenção da asma.
  2. É terapêutico na cura do diabetes.
  3. A pose pode ser praticada para aliviar dores de cabeça e enxaquecas.
  4. Qualquer distúrbio do sistema reprodutivo pode ser curado com a prática do headstand.
  5. Headstand também é benéfico para eliminar os desequilíbrios e sintomas da menopausa.
  6. Ele relaxa o sistema nervoso, assim, cura o estresse e a ansiedade.
  7. Também é útil em caso de problemas glandulares ou hormonais.

Benefícios do Headstand

1. Melhora a circulação sanguínea

A inversão no corpo fornece o sangue para a cabeça e altera o fluxo e a pressão. Melhora o funcionamento do coração com a cabeça e os olhos recebendo suprimento sanguíneo suficiente.

2. Fortaleça a coluna

A postura do headstand melhora a postura da coluna e fortalece os músculos das costas. Melhora a flexibilidade da coluna vertebral e realinha a coluna vertebral.

3. Construa a força do núcleo

Essa postura yogue usa os músculos do núcleo para erguer as pernas contra a gravidade e esses músculos permanecem envolvidos durante toda a prática. Isso ajuda a fortalecer o núcleo e aumentar a resistência.

4. Estimula a glândula endócrina

Ao realizar o headstand a glândula pituitária (glândula mestra) é ativada. Assim, todas as outras glândulas também são estimuladas, mantendo o fluxo hormonal dentro do corpo.

Clique aqui para obter uma leitura de meditação personalizada
5. Melhora a eficiência dos pulmões

Devido à posição invertida do corpo, os órgãos abdominais pressurizam o diafragma. Aumenta a taxa de expiração, removendo assim o dióxido de carbono e purificando os pulmões. A remoção de toxinas dos pulmões os torna eficientes.

Conclusão

Headstand é uma pose desafiadora, mas a vida é superar seus medos e enfrentá-los de frente.

Tentar esta postura servirá como um começo perfeito para vencer os obstáculos. Além disso, trabalha na melhoria de todos os quatro sistemas cardiovascular, linfático, nervoso e endócrino.

Clique aqui para obter uma leitura de meditação personalizada

Se você é um iniciante, experimente a pose básica de cabeça hoje com segurança adequada e mantendo a diversão. Mesmo o praticante experiente pode usar o guia prático acima para experimentar as variações e obter imensos benefícios à saúde.

 

Avalie este post
[Total: 1 Average: 5]

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
x