Yoga

Bhujapidasana (Postura de Pressão dos Ombros): Significado, Passos, Benefícios

Precisa de orientação e clareza no amor, relacionamento, carreira e muito mais? Clique aqui para obter uma leitura de meditação personalizada

Bhujapidasana é uma postura de equilíbrio de nível avançado em que os ombros são pressionados pelas pernas levantadas. Chama-se ‘Pose pressionando os ombros’. Ajuda no fortalecimento das mãos, pulso, ombro e tronco. Equilibrar-se nesta postura deixa o praticante focado e atento em sua luta do dia a dia que traz produtividade na vida.

Além de orientar os aspectos físicos e mentais, Bhujapidasana, estabelecendo uma sensação de equilíbrio em diferentes fases da vida, promove elevação emocional. Portanto, a prática regular deste asana cria um ambiente saudável ao redor dos praticantes, influenciando seus aspectos mentais, emocionais e físicos.

Significado de Bhujapidasana

Bhujapidasana é uma palavra sânscrita onde, ‘ bhuja ‘ significa ‘ombro’, ‘ pida ‘ significa ‘pressão’ e ‘ asana ‘ significa ‘pose’. Assim, neste asana o ombro está sendo pressurizado para que o corpo possa ser equilibrado em ambas as mãos.

Uma interpretação simples de Bhujapidasana é que as pernas enroladas nas mãos significam uma posição complicada da vida na qual as pessoas normais muitas vezes as perdem. O Bhujapidasana imita a posição semelhante dos membros, que, quando praticado regularmente, encontra um caminho através do equilíbrio.

Portanto, a postura de pressão do ombro destina-se a trazer o fora da pista de uma maneira ou maneira com a qual uma pessoa se estabelece ao passar por uma prática física difícil. Isso capacita o ser interior a alcançar a elevação, a força e a estabilidade na vida.

Guia prático

Os praticantes podem seguir os passos indicados para praticar Bhujapidasana de maneira segura.

Contra-indicações de Bhujapidasana

  • As mulheres grávidas devem evitar fazer este asana porque a parte superior da coxa pode obstruir o estômago. No entanto, as mulheres menstruadas também evitam praticar enquanto o ciclo persistir.
  • Os praticantes que se submeteram à cirurgia abdominal devem abster-se de fazer Bhujpidasana, pois pode ser perturbador para a incisão que está sendo curada ou ainda será.
  • Os praticantes com lesões no pulso, ombro, cotovelo, joelho e pescoço também devem evitar praticar. Pode ter piorado a condição anterior se ignorado.
  • Pacientes com espondilite cervical e pressão alta devem evitar praticar este asana. O equilíbrio pode prejudicar suas vértebras e níveis desafiadores podem aumentar a pressão arterial. 

Pose Preparatória

Essas poses vão construir os músculos do ombro e das pernas para melhor aderência na pose de pressão do ombro

Como fazer os passos de Bhujapidasana (postura do ombro)

  • Comece entrando em tadasana com as pernas afastadas na distância dos quadris, a cabeça neutra, as mãos ao lado dos quadris e os ombros estabilizados.
  • Agora, incline-se para a frente para alcançar o chão, colocando as mãos logo atrás do calcanhar. A partir daqui, estique os braços de forma que sua mão superior pressione contra suas panturrilhas.
  • Agora, estabilize a coxa para encaixar a parte de trás dos joelhos no braço, pressionando as palmas das mãos no chão, onde os dedos apontam para a frente.
  • Depois, tente levantar o calcanhar do chão para obter uma boa aderência das coxas nos braços. Agora, aprenda um pouco para frente para alongar a parte de trás do tronco. Isso ajudará a firmar melhor as palmas das mãos no chão.
  • Agora, expire e ative o núcleo para apertar as pernas ao redor das mãos como uma cobra no galho. Em seguida, enrole o pé um no outro a partir do tornozelo. 
  • Mantenha aqui de acordo com o conforto e desbloqueie o padrão de torção das mãos e pernas uma da outra. Descanse os pés no chão e distribua lentamente o peso nos pés e nas mãos para retornar ao tadasana e depois relaxe.

Posições de Acompanhamento

Precauções

  • Os praticantes devem evitar a inclinação direta para a frente no Bhujapidasana se tiverem uma condição da parte inferior das costas. Um rolamento lento e constante para frente pode evitar as chances de lesões relacionadas à prática.
  • Para ajustar as coxas na região atrás do cotovelo, deve-se focar em firmar as palmas das mãos para manter as mãos retas e estabilizadas. Porque a mudança de peso coloca um forte estresse do peso corporal nas mãos e a letargia naquele momento pode ser prejudicial.
  • Os praticantes não devem deixar o corpo cair para trás enquanto estiverem na posição final de Bhujapidasana. Isso pode resultar em lesões na cabeça ou na coluna. Mantenha seu corpo um pouco para frente e envolva sua omoplata para encontrar o equilíbrio no tronco.

Dicas para iniciantes

  • Devido ao início da prática de yoga asanas, as pessoas que estão começando bhujapidasana devem conhecer seus limites antes da prática. Porque envolve o alongamento dos músculos da coxa, que se não for considerado pode causar tensão nos músculos. Portanto, deve-se trabalhar em poses de flexibilidade antes de entrar nessa pose.
  • Iniciantes podem enfrentar dificuldade em manter o peso corporal ao redor dos braços totalmente esticados. Deve-se focar em espremer os braços na forma do poço traseiro na redução do ângulo atrás do joelho. Isso fornecerá a aderência necessária para segurar o asana por um período mais longo.
  • No caso de equilibrar o pé colocado bem à sua frente, é necessária uma boa força do núcleo. Portanto, iniciantes sem histórico de prática tão intensa de asanas podem construir seus músculos centrais praticando Bhujpidasana ou podem enredá-los para criar um bloqueio neles. Isso fornecerá suporte mútuo para o balanceamento.

Modificações

Ao usar adereços de ioga simples, equilíbrio ou outros problemas podem ser superados facilmente na pose de pressão do ombro. Modifique esta pose seguindo as seguintes maneiras;

  • Os praticantes que não conseguem esticar a mão no chão enquanto fazem a pose podem receber ajuda do bloco. Colocar blocos sob ambas as palmas pode dar o suporte necessário para encontrar o equilíbrio na postura.
  • O Bhujapidasana é uma das poses desafiadoras, então ajustar seu corpo em equilíbrio é uma tarefa e tanto. Assim, os praticantes com a indisponibilidade de tais habilidades precisam realizar este asana estupendamente, deve-se reunir força em seus ombros e antebraços praticando Bakasana e Dandasana e outras poses preparatórias.
  • Os praticantes que estão achando difícil a posição final de Bhujpidasana podem colocar um bloco e um reforço sob o osso do quadril. Isso lhe dará alguma liberdade para fazer uma pose por um pouco mais de tempo do que o normal.

Variações

Há duas poses de variação de Bhujapidasana – Eka Pada Bhujapidasana e Bakasana

Clique aqui para obter uma leitura de meditação personalizada

1. Eka Pada Bhujapidasana (postura de pressão do ombro de uma perna)

Em Bhujapidasana, ambos os pés são levantados do chão, que é emaranhado com as mãos e apertado sob as axilas. Considerando que, em Eka Pada Bhujapidasana, ambos os pés permanecem levantados, mas um deles é colocado no respectivo ombro.

Para entrar na postura de pressão do ombro com uma perna, de Dandasana, levante uma perna do chão e coloque-a sobre o ombro. Aperte a perna levantada em seu ombro para que ela não deslize para baixo. Pressione as palmas das mãos firmemente no chão e, com a inspiração, levante o corpo do chão.

Na posição final, uma perna permanecerá como a pose dandasana e a outra perna estará no ombro – tudo no ar. Além disso, indo mais fundo, você pode colocar a perna dandasana sobre outra perna na posição levantada.

2. Bakasana (postura do guindaste)

Bakasana envolve a colocação de joelhos sob a axila ou atrás da parte superior do braço e quadris levantados para cima. Enquanto em Bhujapidasana ambas as pernas estão emaranhadas ao redor das mãos junto com a sucção da parte de trás dos joelhos.

Siga este guia para realizar Bakasana (postura do guindaste).

Benefícios terapêuticos

Praticar Bhujapidasana ajuda em vários benefícios terapêuticos se for realizado com entusiasmo.

1. Reduz a dor lombar

Geralmente devido a problemas mecânicos, como ruptura dos músculos, ligamentos, que causam danos ao disco intervertebral, compressão das raízes nervosas. Praticar bhujapidasana ajuda a tonificar os músculos da parte inferior das costas que os tornam flexíveis e fortes que suportam lesões mecânicas. Por isso, ajuda a reduzir a dor lombar.

2. Fortalece o pulso e os antebraços

Nosso pulso é complexo em possuir vários tecidos como anexos musculares com tantos ossos e os nervos distribuídos por toda a região em questão.

Clique aqui para obter uma leitura de meditação personalizada

Praticar este asana ajuda na comunicação de nutrientes e oxigênio entre o sistema musculoesquelético das mãos e o sangue. Isso aumenta a construção de tecidos e o fortalecimento ósseo na presença de amplos recursos. Assim, torna seu pulso e antebraço mais fortes.

3. Melhora a digestão

Praticar Bhujapidasana melhora a circulação sanguínea para os órgãos digestivos que promovem o movimento do peristaltismo e o tornam mais eficaz. Assim, a comida viaja através do canal alimentar mais rápido do que na condição de indigestão e constipação. Em última análise, melhora a digestão.

Benefícios da Bhujapidasana (Postura de pressão do ombro)

Pode-se obter os seguintes benefícios inscrevendo Bhujapidasana em sua programação de todos os dias.

Clique aqui para obter uma leitura de meditação personalizada

1. Tonifica os órgãos abdominais

Em Bhujapidasana, há o envolvimento ativo dos músculos centrais, pois o peso de todo o corpo deve ser mantido apenas nas palmas das mãos. Isso pressuriza a região abdominal que na prática regular resulta na perda de gordura, tonificação dos músculos internos ligados aos órgãos. Desta forma, este asana ajuda a tonificar os órgãos internos. 

2. Desenvolve melhores respostas físicas e cognitivas

Fazer o suporte básico para suportar o peso corporal é bastante desafiador, onde o praticante começa do básico, passando pelos requisitos físicos moderados a intensivos.

Este asana, devido à sua natureza desafiadora, o torna intensivo em abordagem. É evidente a partir de pesquisas que atividades físicas moderadas e intensivas aumentam a memória de trabalho e a capacidade cognitiva, juntamente com o processamento de informações mais rápido. 

3. Fortalece a parte superior do corpo

Nossa parte superior do corpo está ativamente envolvida nesta prática de asana, que melhora a força muscular, fazendo com que eles se adaptem ao estresse por um período mais longo. Além disso, o estresse contínuo nos ossos aumenta sua capacidade de reabsorção de cálcio, o que os torna fortes e solidifica a estrutura. Assim, fortalece a parte superior do corpo a longo prazo.

4. Supera o estresse e a ansiedade

Bhujapidasana é uma abordagem eficaz para combater o estresse e a ansiedade. Praticar este asana ajuda na redução dos hormônios do estresse como cortisol e adrenalina. No entanto, também promove a produção de substâncias químicas chamadas endorfinas, que são analgésicos naturais e melhoradores do humor. Isso traz uma atitude positiva para o indivíduo.

5. Melhora a Circulação Sanguínea

O avanço de Bhujapidasna requer engajamento muscular ativo para manter o asana vivo por um período mais longo. Ao fazer isso, os músculos trabalham mais para resistir à dor resultante do acúmulo de ácido lático.

Portanto, para lidar com a situação, é necessário um suprimento ativo de oxigênio e nutrição, o que só pode ser feito melhorando a circulação sanguínea em todo o corpo.

6. Estimula o Chakra Manipura

A prática correta sob a orientação de um professor de ioga qualificado, juntamente com o alinhamento e a técnica de respiração adequados, este asana ajuda na estimulação do chakra Manipura. Isso equilibra ainda mais as energias do corpo, regula a função dos órgãos digestivos e do pâncreas.

Conclusão

A prática de Bhujapidasana é uma pose de ioga energética, que trabalha os músculos da mão, pulso, antebraço, ombro, coxa e parte inferior das costas em uma escala física. Isso tonifica vários músculos, o que ajuda na prevenção de lesões musculares.

Além dos benefícios físicos, acalma a mente e prova-se como um destruidor de estresse eficaz. Além disso, a prática adequada auxilia na estimulação do Manipura Chakra, o que melhora ainda mais o aspecto espiritual dos praticantes.

 

Avalie este post
[Total: 1 Average: 5]

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
x