Yoga

Como é a prática de Ananda Yoga? Poses, benefícios e estilo único

Precisa de orientação e clareza no amor, relacionamento, carreira e muito mais? Clique aqui para obter uma leitura de meditação personalizada

Ananda é uma palavra sânscrita que significa ‘Bem-aventurança’, a bem-aventurança do seu próprio Eu Superior. Ao contrário daquela bem-aventurança ou felicidade que percebemos ao nos entregarmos ao mundo mundano, Ananda só pode ser alcançada através da consciência interior e da paz. Baseado no conceito de paz interior, o Ananda Yoga é um estilo único de yoga que enfatiza o desenvolvimento espiritual.

O que é Ananda Yoga?

O estilo Ananda Yoga é baseado nos ensinamentos do famoso yogi Paramhansa Yogananda. Inclui práticas de hatha yoga como asanas, pranayamas, técnicas de meditação e filosofia de yoga aplicada.

Essas práticas combinadas estabelecem uma coexistência harmoniosa de seu corpo físico, fluxo de energia, construção emocional e estrutura intelectual. A coexistência harmoniosa de diferentes aspectos existenciais do seu ser é o foco central do sistema Ananda Yoga.

Foi fundada em 1968 por Swami Kriyananda, um dos discípulos diretos de Paramhansa Yogananda. Os asanas de yoga usados ​​na sequência de Ananda yoga são diferentes posturas de hatha yoga, que estavam no centro dos ensinamentos de Yogananda.

Este estilo de yoga se concentra especificamente em ajudar o praticante a alcançar a felicidade interior. Diz-se que nosso Atman está encerrado em 5 camadas de nossa existência, os PanchKoshas.

A camada mais próxima do Atman é o Anandamaya Kosha, que é integralmente responsável por nossa bem-aventurança interior. O Ananda Yoga ajuda a estimular o Anandamaya Kosha e o aproxima da essência espiritual central das práticas yogues.

Abordagem e prática únicas

Ananda yoga em sua essência é uma experiência pessoal e interior, ao longo de uma extensa rotina física. Ele usa o asana, pranayama e Dhyana para regular o fluxo de energia e sincronizá-lo com a consciência universal.

Aqui, a prática de asana é frequentemente modificada para atender às necessidades e habilidades do praticante, em vez de forçar como em uma postura tradicional.

O Ananda yoga usa três abordagens únicas que o diferenciam de outros estilos de yoga: a sequência, os exercícios de energização e as afirmações.

Clique aqui para obter uma leitura de meditação personalizada

1. A Sequência Ananda

A Sequência usada na prática de Ananda Yoga pode ser considerada uma ferramenta dedicada para gerar bem-aventurança. A sequência começa com os asanas em pé para estimular o fluxo de prana ao longo da coluna.

Em seguida, vem as poses sentadas e deitadas no chão. Isso ajuda a energia a fluir para fora da coluna e para as extremidades. As poses no chão terminam com torções e alongamentos da coluna que reabastecem o eixo da coluna com ar e energia vitais.

A próxima inclusão na sequência são as posturas de inversão, que canalizam a energia para o peito, garganta e cérebro; os chacras superiores. Em seguida, a penúltima prática inclui Savasana para relaxamento profundo. O Savasana ajuda na retirada interior de seus sentidos (pratyahara), o que permite que a energia se integre ao seu cérebro.

O último da sequência vem, obviamente, da meditação. A meditação dá perfeição estética à natureza espiritual da prática de Ananda. A meditação assimila todos os benefícios gerados pelos passos anteriores e canaliza para a elevação de sua consciência, estimulando seu Anandamaya Kosha para a bem-aventurança interior.

2. Recarregue com Exercícios de Energização

Os exercícios de energização utilizados no Ananda Yoga foram introduzidos por Yogananda, que mencionou em sua autobiografia que nosso corpo é como uma bateria elétrica que pode ser recarregada com energia à vontade, através de uma série de exercícios sincronizados de respiração-movimento.

Yogananda mencionou 39 desses exercícios que podem nos ensinar a controlar nosso Prana (força vital). Esses exercícios de energização também treinam o sistema nervoso para dar suporte a um aumento do fluxo de energia.

39 exercícios de energização de Ananda yoga incluem técnicas como respiração dupla, rotação da coluna vertebral, recarga corporal em 20 partes, recarga de braços em 4 partes, esgrima e outras.

Os praticantes acreditam que essas técnicas ajudam a atrair a energia cósmica do corpo e a direcionam por uma vontade consciente para recarregar várias partes do corpo.

Clique aqui para obter uma leitura de meditação personalizada

A técnica de respiração dupla é uma técnica muito interessante e poderosa, que pode melhorar a oxigenação e desintoxicação do seu sangue. Na respiração dupla, você faz uma inspiração curta e aguda pelo nariz, seguida de uma inspiração longa, enchendo os pulmões. Então, sem pausa, faça uma expiração curta e aguda pela boca e nariz e, em seguida, uma expiração longa esvaziando os pulmões.

3. A potência da Afirmação

No Ananda Yoga, cada asana é atribuída com uma afirmação. As afirmações são consideradas para aumentar os benefícios espirituais e de regulação da força vital das poses.

As palavras que você fala e ouve têm mais impacto em sua existência do que você imagina. As palavras têm a capacidade de alterar o curso do fluxo da força vital, aumentar sua potência ou diminuí-la. A partir dessa ideia, a técnica de afirmação inclui o canto silencioso (e a visualização) de palavras significativas específicas, com asanas específicos.

A afirmação ajuda e orienta você em como você se sente em relação a uma pose específica e, assim, permite que a pose tenha uma influência adequada em sua força vital. A seguir estão algumas afirmações populares usadas com alguns asanas Ananda populares:

  • Adho Mukha Svanasana – A calma irradia de cada fibra do meu ser
  • Halasana – Nova vida, nova consciência agora inunda meu cérebro
  • Janushirasana – Esquerda e direita e todas as harmonias da vida são minhas
  • Ardha Matsyendrasana – Eu irradio amor e boa vontade para almas amigas em todos os lugares
  • Jathara Parivartanasana – Eu me abro para o fluxo da vida de Deus dentro de mim
  • Matsyasana – Minha alma flutua em ondas de luz cósmica.
  • Baddha Konasana – Seguro em mim mesmo, aceito o que quer que seja

Posturas de Ananda Yoga

Ananda Yoga, em termos de poses, é construído sobre as poses de hatha yoga. Você pode incluir qualquer pose de hatha yoga em Ananda yoga, mas concentrando-se no aspecto de estimulação de energia da pose em particular. O impacto energético das poses é mencionado acima, sob o subtítulo “afirmação”.

A seguir estão algumas poses de ioga Ananda que têm um potente benefício Ananda.

1. Postura da Montanha (Tadasana)

Começamos a sequência Ananda com a postura da montanha para estabilizar o fluxo de energia em sua coluna. A pose da montanha é a melhor pose para iniciar uma sequência de Ananda.

Nesta pose, você simplesmente fica com a coluna ereta e as pernas afastadas na largura dos quadris. Você pode adicionar mudras como Anjali Mudra a esta pose. Tadasana prepara seu fluxo sanguíneo e funções nervosas, para participar de poses mais intensas.

2. Postura da Árvore (Vrikshasana)

Vrikshasana se acumula no Tadasana, aumentando seu equilíbrio e envolvimento muscular e regulando ainda mais o fluxo sanguíneo e as funções nervosas. Em Vrikshasana você fica com a coluna ereta, equilibrando-se em uma perna, e levanta ambas as mãos acima da cabeça. Vrikshasana ajuda você a tornar seu fluxo de energia calmo e controlado.

3. Pose do Guerreiro 1 (Virabhadrasana I)

Virabhadrasana I aumenta a vitalidade do seu fluxo de energia. Essa postura atrai mais energia cósmica e aumenta o volume do fluxo de energia no corpo.

A postura prepara simultaneamente seus nervos, músculos e vasos sanguíneos para lidar com esse aumento do fluxo de energia também. Virabhadrasana é essencialmente uma estocada para frente com movimentos de mão para cima.

4. Pose do Guerreiro 2 (Virabhadrasana II)

Virabhadrasana II tem efeito quase semelhante ao Virabhadrasana I, com diferenças sutis. Enquanto Virabhadrasana I inicia o aumento da vitalidade energética, Virabhadrasana II ajuda a sustentar o aumento da energia.

Clique aqui para obter uma leitura de meditação personalizada

Da mesma forma, essa postura também treina os nervos, músculos e vasos sanguíneos para manter sua forma à medida que a energia flui através deles. Virabhadrasana II é uma investida lateral com as mãos esticadas nas laterais na altura dos ombros.

5. Postura do Raio (Vajrasana)

Com Vajrasana, você faz a transição para uma postura no chão, das posturas em pé. Em comparação com outras poses de chão, Vajrasana é bastante centrada e estável, tornando-a a postura ideal para iniciar sua rotina de chão.

O Vajrasana limpa seus três chakras inferiores: Muladhara, Svadhisthana e Manipura. O Vajrasana ajudará o fluxo de energia a desenvolver sua força interior. Biologicamente falando, essa postura é um grande benfeitor da digestão e do metabolismo. Em Vajrasana você se senta sobre os calcanhares com os joelhos dobrados.

6. Pose do Meio Senhor dos Peixes (Ardha Matsyendrasana)

Ardha Matsyendra é uma postura de torção espinhal, que abre seu eixo espinhal e o recarrega com energias vitais. O Ardha Matsyendrasana é uma pose sentada, com o torso torcido. Esta postura é muito relaxante e irá instantaneamente carregar o centro do seu corpo.

7. Pose da Ponte (Setu Bandhasana)

Setu Bandhasana é uma pose de mentira e tem múltiplos benefícios tanto em termos de seu corpo físico quanto de seu corpo energético. O Setu Bandhasana levanta sua pélvis do chão, enquanto seus ombros e pés permanecem em contato com o chão. O sedhu Bandhasana constrói seu fluxo de energia para atuar como ponte entre sua consciência e a do universo.

8. Apoio de Ombro (Sarvangasana)

Sarvangasana é a postura muito necessária para atrair todas as energias para o seu cérebro, ou o centro biológico da sua consciência. Esta postura irá limpar seus três chakras superiores: Vishuddha, Ajna e Sahasrara. A sarvangasana que precisa que você equilibre seu corpo em uma postura ereta invertida, em seus ombros, também é um grande reforço de imunidade.

9. Postura do cadáver (Shavasana)

Savasana é a melhor pose relaxante. Esta postura é perfeita para Ananda, pois esta postura mescla de forma muito proeminente os aspectos físicos e espirituais do yoga. Savasana é uma pose em que você entrega todos os seus músculos, movimentos, sensações, percepções e pensamentos.

Savasana é a mistura perfeita de asana e dhyana. Nesta pose, seu corpo faz menos (apenas fica como um cadáver) e sua consciência faz mais. Durante esta pose, a energia flui para todas as partes do seu corpo com um efeito revitalizante.

Como alcançar Ananda?

Embora a potência espiritual esteja no centro da Ananda Yoga, ela não pode ser experimentada nos estágios iniciais da prática. Como iniciante, você se envolverá principalmente em relaxar a mente e o corpo.

Com a mente e o corpo tensos, as buscas espirituais e de consciência mais elevadas serão impossíveis. Uma mente e um corpo cansados ​​serão uma constante distração e limitação. Assim, as poses de Ananda, o pranayama e a meditação se concentrarão primeiro no relaxamento de seus músculos, órgãos, vasos sanguíneos e nervos.

A estabilidade emocional é a porta de entrada para Ananda

Nossa mente emocional é uma força muito poderosa. Pode aprisioná-lo em um processo de sofrimento ao longo da vida ou pode liberá-lo para transcender além de sua percepção e existência física. Assim, sua mente emocional pode ser um portal que conduz seu caminho para Ananda ou obstrui seu caminho para Ananda.

Assim, uma vez que sua mente esteja livre de estresse e ansiedade e bem descansada, ela precisa começar a se concentrar em otimizar os desequilíbrios emocionais. As práticas de ioga de Ananda tornam você altamente consciente da percepção. Ele permite que você regule conscientemente sua percepção e evite tirar conclusões improdutivas que perturbem a estabilidade emocional.

A eficiência intelectual é importante antes da Ananda

No caminho para Ananda, você será testado por distrações mundanas, profanadores morais e éticos e uma gama diversificada de ideias, filosofias e intenções corruptas.

Para evitar que sua inocência espiritual inata seja manchada, você precisará ter uma bússola moral forte, sabedoria apropriada, pensamento crítico cuidadoso e capacidade de raciocínio e um sistema de tomada de decisão eficaz.

As práticas de Ananda Yoga ajudam você a desenvolver seu sistema de crenças e cognição, de uma forma que está bem equipada para enfrentar os desafios na busca da bem-aventurança eterna.

Benefícios do Ananda Yoga

O principal benefício do Ananda Yoga é estar em êxtase, um estado de alegria divina. Todos nós experimentamos alegria ocasionalmente em nossas vidas, mas sempre há um aspecto de materialismo ligado a ela, que torna a alegria impura (poluída com emoções terrenas).

Ananda yoga ensina você e seu corpo a otimizar seu fluxo de energia e recarregar seu corpo com a força vital. A Ananda (alegria) que você sente com a prática de Ananda Yoga é desencadeada apenas por um fluxo harmonioso de energia, que a torna inocente, serena e universal. Este benefício básico do Ananda yoga que pode se estender para produzir resultados benéficos adicionais:

  • Mente e corpo bem relaxados
  • Melhora da cura da mente e do corpo
  • Remoção de bloqueio dos chakras de energia
  • Alívio de estresse e ansiedade
  • Autocontentamento a longo prazo
  • Sono profundo
  • Clareza de pensamentos e percepção
  • Melhor concentração e foco
  • Cognição e memória aprimoradas
  • Aumento do fluxo sanguíneo e oxigenação do sangue
  • Metabolismo eficiente, funções nervosas, imunidade e secreção hormonal.

 

Avalie este post
[Total: 1 Average: 5]

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
x