Os 4 Conselhos Budistas – Tudo o que você precisa saber

Conselho Budista realizado nos diferentes séculos mudou o curso do budismo e influenciou as diferentes tradições do budismo, como o início do budismo Theravada e Mahayana.

Conselhos budistas são alguns dos importantes que mudam o fluxo do budismo.

Depois que o Senhor Buddha alcançou o Parinirvana em Kushinagar, na Índia, muitos monges da terceira idade, como Mahakassyapa e Upali, estavam preocupados com as lições, pregações do Dharma e disciplina de todos os monges budistas.

Acreditava-se que o primeiro conselho budista histórico seria realizado no quinto século EC (a data pode mudar qualquer) e foi conduzido pelo Ven. Mahakassyapa.

Conselhos budistas realizados em diferentes milênios mudaram o curso do budismo que levou ao atual budismo. Uma das mudanças mais importantes que ocorreram durante o início do Concílio Budista foi a formação de duas das mais antigas tradições budistasMahayana e Escolas Budistas Theravada.

A história das primeiras escolas budistas mostra muitas mudanças no budismo, como a tradução de muitos sutras e ensinamentos originais de Buda. Conforme o tempo passa, muitos Conselhos Budista foram realizados no decorrer do tempo e há 4 mais importantes Conselhos budistas que mudam o fluxo do budismo .

Primeiro Conselho Budista

Primeiro Conselho Budista foi realizado logo após a morte do Senhor Buda em Kushingara. Depois do Parinirvana de Gautama Buda, muitos monges seniores reuniram-se para discutir como ensinar e administrar os Ensinamentos de Buda.

O Primeiro Conselho Budista é considerado como o ponto de virada no budismo desde que o primeiro Conselho Budista da reunião decide como o budismo é ensinado ainda a apresentar o tempo.

O Primeiro Conselho Budista foi realizado na entrada da Caverna de Sattapanni, Rajargaha(conhecido como Rajgir na época atual) e conhecido como o Conselho de Rajargaha.

Mesmo que a data exata não é conhecida, mas acredita-se que foi realizada no tempo em torno de 4 ou 5 do século CE.

Segundo a história budista, o conselho foi chamado pelo Ven. Mahakasyapa com o consentimento do Ven. Upali , um dos monges seniores da ordem da Sangha. Após a morte de Buda, um dos monges, Subhadda disse que “Agora podemos fazer o que gostamos”.

Depois de ouvir tais palavras dos monges, Mahakasyapa realizou a reunião para manter a disciplina dos monges ordenados e como registrar e traduzir todos os ensinamentos do Buda.

Neste conselho, o Ven. Ananda foi convidado a pregar os ensinamentos dos ensinamentos de Buda ou Dharma, uma vez que ele era o mais próximo do Buda e possuía um incrível poder de memória. Mas antes de perguntar a Ananda, outro evento interessante aconteceu.

Ven. Ananda ainda não havia atingido o Nirvana após a morte do Senhor Buda. Então, antes da reunião de Primeiro Conselhos Budista, Ven. Ananda começou a meditar e mais tarde na mesma noite alcançou a iluminação enquanto dormia. Neste Concílio, o Ven.

Ananda e monge sênior Ven. Upali pregou sobre o Vinaya e Sutta-Pitaka depois da pregação feita pelo Ven. Ananda foi aceita por todos os 500 monges que participaram do Concílio.

Segundo Conselho Budista

segundo Concílio do Budista foi realizado após os 100 anos da morte do Senhor Buda. Acreditava-se ser realizada em 386 CE e foi realizada em Vaishali, uma antiga cidade da Índia. Os principais propósitos do Segundo Conselho Budista eram discutir as práticas e normas budistas do budismo.

De acordo com a história budista, o monge idoso chamado Yasa notou algumas práticas ruins de alguns monges locais e chamou o Conselho Budista para discutir os assuntos das práticas budistas.

Também foi realizada para discutir se os monges podem lidar com dinheiro para os benefícios de todos os monges e da ordem da Sangha. Alguns historiadores chamaram os primeiros Conselhos Budista realizado em Pataliputra como o segundo Segundo Conselho Budista ou alguns o chamaram de o primeiro Terceiro Conselho Budista.

Conhecido como o segundo Segundo Concilio Budistao Concílio Budista Pataliputra foi realizado durante o tempo do terceiro século EC. O principal objetivo deste Conselho budista foi discutir a questão do ” Grande Cisma “. Este Grande Cisma existia entre as duas primeiras Escolas Budistas, como o Budismo Theravada Antecipado e o Budismo Mahayana.

Terceiro Conselho Budista

Terceiro Conselho do Buda ou Conselho Budista: Pataliputra II foi realizado durante o tempo do Grande Imperador Ashoka ( 250 aC ) e foi realizado em Pataliputra.

De acordo com o Budismo Theravada, este conselho budista foi realizado pela ordem do Imperador Ashoka, a fim de discutir a questão de aumentar a influência do budismo em mais do sudeste da Ásia.

Diz-se que o terceiro Conselho Budista foi realizado sob a liderança do monge sênior Moggaliputta Tissa. Como resultado deste conselho budista, Ashoka envia os missionários budistas para ensinar os ensinamentos e ensinamentos do Buda a vários lugares como Gandhara, Caxemira e Sri Lanka e muitos outros lugares. Mas as missões foram sucedidas apenas em Gandhara, Caxemira e Sri Lanka.

Quarto Conselho Budista

Quando o Quarto Conselhos Budista foi realizado, o budismo foi ensinado em muitas versões como Mahayana, Tibetano, Theravada e muitas outras tradições. O Quarto Conselhos Budista foi realizado sob as tradições Theravada e foi realizado em Tambapani, no Sri Lanka, durante a época do primeiro século aC.

Diz-se que o Quarto Conselho Budista foi realizado sob a liderança do rei Kanishka. Acredita-se também que apenas alguns monges budistas Sarvastivada estavam presentes no Quarto Concílio Budista.

Depois que o Quarto Conselhos Budista foi realizado, o número de outros pequenos Conselhos Budistas foi mantido sob a liderança de monges budistas Theravada e era conhecido pelo Conselho Budista Theravada (Quinto e Sexto).




Mudras e seu verdadeiro segredo para manifestar riquezas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *