Hindusmo

Uma Introdução ao Lord Vishnu, a Deidade que Ama a Paz pelo Hinduísmo

Vishnu é uma das principais divindades do hinduísmo e, junto com Brahma e Shiva, forma a trindade hindu. Vishnu é a divindade que ama a paz dessa trindade, a Preservadora ou Sustentadora da Vida.

Vishnu é o Preservador ou Sustentador da vida, conhecido por seus princípios firmes de ordem, retidão e verdade. Quando esses valores estão ameaçados, Vishnu emerge de sua transcendência para restaurar a paz e a ordem na terra.

Os dez avatares de Vishnu

As encarnações terrenas de Vishnu incluem muitos avatares: os dez avatares incluem Matsyavatara (peixe), Koorma (tartaruga), Varaaha (javali), Narasimha (o leão-homem), Vamana (o anão), Parasurama (o homem irado), Senhor Rama ( o humano perfeito do Ramayana), o senhor Balarama (irmão de Krishna), o senhor Krishna (o diplomata e estadista divino) e a décima encarnação ainda por aparecer, chamada avatar Kalki.

Algumas fontes consideram Buda como um dos avatares de Vishnu. Essa crença é uma adição recente de uma época em que o conceito de Dashavatara já havia sido desenvolvido.

Em sua forma mais comum, Vishnu é retratado como tendo uma tez escura – a cor do éter passivo e sem forma e com quatro mãos.

Sankha, Chakra, Gada, Padma

Em um dos backhands, ele segura a concha branca leitosa, ou sankha, que espalha o som primordial de Om e, por outro, um disco ou chakra – um lembrete do ciclo do tempo – que também é letal arma que ele usa contra a blasfêmia.

É o famoso Sudarshana Chakra que é visto girando em seu dedo indicador. As outras mãos seguram um lótus ou padma, que significa uma existência gloriosa, e uma maça, ou gada, que indica punição por indisciplina.

O Senhor da Verdade

Do seu umbigo floresce um lótus, conhecido como Padmanabham. A flor contém Brahma, o Deus da Criação e a personificação das virtudes reais, ou Rajoguna.

Assim, a forma pacífica do Senhor Vishnu descarta as virtudes reais através do umbigo e faz da cobra Sheshnag que representa os vícios da escuridão, ou Tamoguna,  seu assento. Portanto, Vishnu é o Senhor de Satoguna – as virtudes da verdade.

A Deidade Presidente da Paz

Vishnu é frequentemente descrito como reclinado em uma Sheshanaga – a serpente enrolada de muitas cabeças que flutua nas águas cósmicas que representam o universo pacífico.

Essa pose simboliza a calma e a paciência diante do medo e das preocupações representadas pela cobra venenosa. A mensagem aqui é que você não deve deixar que o medo o domine e perturbe sua paz.

Garuda, o veículo

O veículo de Vishnu é a águia Garuda, o rei dos pássaros. Fortalecido com a coragem e a velocidade de disseminar o conhecimento dos Vedas, Garuda é uma garantia de destemor no momento da calamidade.

Vishnu também é conhecido como Narayana e Hari. Os seguidores devotos de Vishnu são chamados Vaishnavas, e seu consorte é a Deusa Lakshmi, a deusa da riqueza e da beleza.

O líder ideal entre todos os deuses hindus

Vishnu pode muito bem ser visto como o modelo de um líder ideal que nossos antepassados ​​védicos imaginaram. Como observa o mitologista Devdutt Pattanaik:

Entre Brahma e Shiva está Vishnu, cheio de dolo e sorrisos. Ao contrário de Brahma, ele não está ligado à organização. Ao contrário de Shiva, ele não se desapega.

Como Brahma, ele cria. Como Shiva, ele também destrói. Assim, ele cria equilíbrio, harmonia. Um verdadeiro líder que é sábio o suficiente para distinguir deus de demônio, lutando pelos deuses, mas conhecendo suas fragilidades e derrotando os demônios, mas conhecendo seu valor. . . uma mistura de coração e cabeça, comprometida, mas não apegada, constantemente consciente do quadro geral.

 

 

Avalie este post
[Total: 1 Average: 5]

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.