Pin It

Mudras e seu verdadeiro segredo para manifestar riquezas

Budismo

Om Mani Padme Hum

Om Mani Padme Hum

Mantras são frases curtas, geralmente em sânscrito, usadas pelos budistas, especialmente na tradição Mahayana tibetana, para focalizar a mente com significado espiritual. O mantra mais conhecido é provavelmente “Om Mani Padme Hum” (pronúncia sânscrita) ou “Om Mani Peme Hung” (pronúncia tibetana). Este mantra é associado ao Bodhisattva Avalokiteshvara (chamado Chenrezig no Tibete) e significa “Om, jóia no lótus, hum”.

  • A primeira sílaba, OM, não é uma palavra, mas uma evocação do poder espiritual e da presença do absoluto. É conhecido em toda a Ásia em várias religiões, especialmente o hinduísmo.
  • A palavra  Mani  significa “jóia” ou “conta”.
  • Padme  é a flor de lótus
  • Hum  representa o espírito da iluminação

Para os budistas tibetanos, “jóia no lótus” representa bodhicitta e o desejo de libertação dos Seis Reinos. Cada uma das seis sílabas do mantra é pensada para ser dirigida à libertação de um reino samsárico diferente de sofrimento.

O mantra é mais frequentemente recitado, mas a prática devocional também pode envolver a leitura das palavras ou sua escrita repetida.

De acordo com Dilgo Khyentse Rinpoche:

“O mantra Om Mani Pädme Hum é fácil de dizer, mas bastante poderoso, porque contém a essência de todo o ensinamento.

Quando você diz a primeira sílaba Om, ela é abençoada por ajudá-lo a alcançar a perfeição na prática da generosidade. prática de pura ética, e Ni ajuda a alcançar a perfeição na prática da tolerância e paciência.

Pä, a quarta sílaba, ajuda a alcançar a perfeição da perseverança, Me ajuda a alcançar a perfeição na prática da concentração, e a sexta sílaba final ajuda a alcançar a perfeição na prática da sabedoria.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.