Pin It

Mudras e seu verdadeiro segredo para manifestar riquezas

Budismo

Crenças e ensinamentos do budismo

Crenças e ensinamentos do budismo

Crenças e ensinamentos do budismo – O budismo é uma religião muito pacífica. E percebi que, como cristão. Esta bela religião ensina bondade, compaixão, amor e respeito por cada criação. Se dominarmos essas qualidades ou emoções, o mundo se tornaria um lugar melhor.

Mas há muitas Crenças e Ensinamentos Budistas interessantes sobre as quais você deveria saber. Eles irão fazer você ver quão profundamente compassivo esta religião realmente é.

Crenças e ensinamentos do budismo – 5 crenças incríveis

Buda não é um Deus – a palavra “Buda” significa “iluminado”, não Deus. Porque todo Buda como um ser humano normal antes de alcançar a iluminação. Além disso, quando ele alcançou esse estado de espírito incrível, ele não estabeleceu regras para seguir, ele apenas deu conselhos, para que outros possam se tornar buddhas também.

O propósito da vida – no budismo, não há objetivo na vida. Existem alguns objetivos, mas esses não são propósitos divinos. Um desses objetivos é acabar com o sofrimento ou pagar sua dívida cármica.

A meditação é muito importante – a iluminação vem sempre em estados meditativos. Portanto, a iluminação requer uma mente tranquila. Você precisa de meditação para que você possa examinar sua mente, emoções e pensamentos.

A atenção plena é tão importante quanto a meditação. Fazer suas tarefas diárias em um estado consciente aumentará suas chances de se tornar um esclarecido.

Seu corpo é importante – essa vida do criador é importante. Você tem que valorizá-lo e viver o maior tempo possível. Para uma vida mais longa, você precisa de um corpo saudável. Portanto, você tem que cuidar seu corpo físico tanto quanto você se preocupa com seu espírito.

Seja compassivo – a compaixão é a chave no budismo. Está ligado à sabedoria. Porque, quanto mais sábio você obtiver, é mais compassivo você se tornar. E com compaixão vem sabedoria. Portanto, eles são proporcionais.

Crenças e Ensinamentos do Budismo – Ensinanças Fundamentais

Os 3 sinais de ser – Eles são “mudança”, “sofrimento” e “não eu”. A mudança significa o fato de que, neste mundo, tudo muda, nada permanece o mesmo. E nós mesmos precisamos mudar. O segundo sinal de ser retrata o fato de que esta vida está cheia de sofrimento.

Não há vida sem sofrimento. Mas o sofrimento é importante, porque nos faz apreciar a felicidade. O terceiro sinal é um pouco mais difícil de explicar. Porque no budismo não há eu ou eu.

Devido ao primeiro sinal, tudo está mudando. Portanto, mesmo o auto muda. E é apenas uma coleção temporária de elementos. O que você não pode identificar como. Como resultado, o eu não existe.

As Quatro Nobres Verdades – estão todas centradas em Sofrendo. A primeira verdade nobre é o próprio Sofrimento. O segundo é a origem do sofrimento.

Então o terceiro é a cessação do sofrimento e o último é sobre o caminho que conduz à cessação do sofrimento. Essas quatro verdades nobres se referem à análise de nosso sofrimento. Temos que encontrar a sua raiz e a forma como podemos eliminá-la.

Os Três Fogos – Eles são considerados raízes do sofrimento. Os três incêndios são desejo, raiva e ilusão. Você deve dominar esses “incêndios”. Porque se você não aprender a dominá-los, eles irão liderar sua vida.

O Nobre Caminho Óctuplo – São: visão correta, pensamento, fala, ação, sustento, esforço, atenção e concentração. E eles levam à iluminação.

Essas crenças e ensinamentos do budismo são verdadeiramente cheios de sabedoria. Eles ensinam compaixão, conquista de maus comportamentos e pensamentos e o fim do sofrimento.

Veja mais sobre o Ensinamentos Budistas

Esses ensinamentos levam a uma vida feliz. Não ausente do sofrimento, mas com uma perspectiva sábia em relação a ele.

[Ler o e-Book Como Meditar, se Curar e Ser Feliz

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.